adminBrasil

Custo Brasil vs. Lucro Brasil

'Custo Brasil' e 'lucro Brasil' explicam diferença de preços.

A carga tributária sobre produtos importados e outros custos, como tarifas de frete, seguro e armazenagem, explicam parte da diferença de preços entre Brasil e EUA, segundo o professor de economia do Insper Otto Nogami. A cadeia de taxas e impostos no Brasil pode custar de 60% a 100% do preço de custo do produto.
Um item muito procurado por mães brasileiras é um carrinho de luxo da marca norueguesa Stokke. Nos Estados Unidos, o modelo Xplory custa de R$ 2.670 a R$ 3.300. No Brasil, é vendido por mais de R$ 8 mil. 
O preço de custo do carrinho é de R$ 1.560, segundo a importadora Infinito. A companhia gasta outros R$ 660 com impostos de importação, e ainda acrescenta ao preço de venda custos de frete, armazenagem e transporte. “Se fizermos tudo bem feito, nossa margem de lucro fica entre 5% e 6%", explica o diretor da Infinito, Luis Fernando Palomares, que  vende o carrinho para as lojas por R$ 2.650.

Outro item procurado é a mamadeira Avent, da Philips. O kit com três unidades custa R$ 48 nos EUA, enquanto no Brasil uma única peça é vendida por R$ 59,90. 
De acordo com diretora de marketing da área de Saúde Pessoal da Philips para a América Latina, Alina Asiminei, a mamadeira é produzida na Inglaterra e exportada para vários países. Além da questão tributária, Alina diz que o custo com logística é um dos fatores que pesa sobre o preço final do Brasil. Sobre a margem de lucro praticada pela empresa, a diretora diz que as regras para construção do preço são as mesmas em qualquer lugar do mundo. 
A babá eletrônica Summer Touch  tem a maior diferença de preço entre os produtos pesquisados: R$ 470,70 nos EUA e R$ 1.899 no Brasil, quatro vezes mais caro.
Para Nogami, professor do Insper, o chamado "custo Brasil" é responsável por boa parte da diferença de preços, mas que o "lucro Brasil" também tem influência. "Enquanto o comerciante americano se contenta com uma margem de 5%, o brasileiro busca uma margem maior por causa da instabilidade econômica e do efeito inflacionário". 
Segundo o professor, há também uma razão comportamental que influencia os preços. "O comerciante testa o consumidor para saber quanto ele está disposto a pagar. A capacidade de consumo do brasileiro é recente, então há um certo deslumbramento e um desejo muito grande de consumir", diz.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...